Quarta-feira, 07 de Abril de 2010

https://1.bp.blogspot.com/_x4R_UH_WhZI/StzqWC4bsrI/AAAAAAAADvg/gi4qdMAJfK4/s320/uma+noite.jpg

Faça uma viagem até ao ano de 2044 e conheça uma novela com episódios rocambolescos de paixão e de cariz policial. Imagine-se a viver num prédio com perto de cem andares, com heliporto, e numa sociedade em que as actuais redes sociais do Twitter ou do Facebook já estão obsoletas, já passaram à história.

Numa escrita escorreita, apesar dos neologismos e novos grafismos como “helijequingue” ou “setrece”, Mário Zambujal recria um universo no futuro, com um pano de fundo amoroso, ainda que com um pé na sociedade sua contemporânea, o que não deixa de conferir alguma verosimilhança à narrativa.

Descubra por que razão “uma noite não são dias” e sorria com o final da novela. Não vai conseguir parar de ler.



publicado por aquiharatos às 10:20
Gosto de livros. Da textura, da cor, das linhas, dos parágrafos. De folhear, ler, parar, saborear. Gosto de livros. Gosto. Moro na Biblioteca da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, em Almada, e ando à procura de outros ratos devoradores. Visita-me!
mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
14
17

18
19
21
22
23
24

26
28
29


pesquisar neste blogue
 
blogs SAPO